terça-feira, 6 de novembro de 2012

Resenha - Cartas e Sombras de JC Hesse


Cartas e Sombras
Autor JC Hesse

O livro inicia 15 anos antes com uma garotinha em Viena, na Áustria,
correndo pelas ruas até sua casa. Ela procura sua mãe com alguns pedaços de
papel amarrotados às mãos. Ela então conta à mãe um sonho. A menina Camila
cresce e casa-se com Alonzo.

Três anos antes vem agora a história de Leila. Ela tem dois irmãos que não
conhece. Bruno insiste com ela para que os procure, mas ela nega querer
procurá-los. Fica então Bruno sendo seu irmão e amigo. Leila ama muito os
pais dele também.

Renata é amiga de Leila e moram juntas. Gosta de Bruno, que é bem tímido.
Com a insistência da amiga, os dois acabam namorando. Os pais de Renata não
aprovam muito o relacionamento porque Bruno, além de pobre, é negro. Mas
isto não impede que os dois se casem.

Um ano e meio antes é o aniversário de um ano de casamento de Renata e
Bruno. Para comemorar, este pede o carro de Adalberto, que é padrinho de
casamento. Nesta noite, Renata avisa que está grávida. Mas algo acontece
que muda o rumo de suas vidas.

Cartas & Sombras é um livro com surpresas acontecendo a toda hora. Com um
diálogo envolvente, nos faz entrar em sintonia com os personagens e viver o
que eles vivem. Uma trama sagaz que nos leva do Brasil a Itália num
interesse constante de saber o que aconteceu. Ingresse nesta aventura você
também com Cartas & Sombras: Um romance imperdível e sensacional.


"O destino não é algo qeu se acredite ou desacredite.  Assim como a fé,
cada um acredita à sua maneira."  Pág. 183



"Porque a palavra de Deus é viva, eficaz, mais penetrante do que uma espada
de dois gumes e atinge até a divisão da alma e do corpo, das juntas e
medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração." Hb 4,12

Por Francilangela Clarindo
http://francilangela.com

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Resenha: A Princesa com Olhos de Gato



Título: A Princesa com olhos de gato
Autora: Gislene Vieira
ISBN: 978.85.65588.66-5
Capa: Denis Lenzi
Ilustração da capa: Nathalia Oliveira Lima
Projeto Gráfico: Josi Evecherria
Ilustrador miolo: Gbr Aguiar
Revisora: Bianca Machado
Linha Literária: Literatura Fantástica

SINOPSE:

Tudo o que Loiane desejava era encontrar uma forma de ser aceita pelo pai. Sabia que por causa de seus olhos amaldiçoados não encontrava pretendentes, justo quando o avanço da Igreja exigia herdeiros prósperos e fortes para manter a casa dos D’Nort no trono de Rúbia. Somente algo poderia reverter a magia – a própria vida…” Conflitos e intrigas políticas e religiosas misturam-se à magia e grandes revelações num cenário de incertezas, ânsia pelo poder e desespero.

RESENHA


A mais humana das criaturas, se não fossem seus olhos de gato...
O livro Princesa com Olhos de Gato a principio parece ser uma história complicada de se acompanhar. A narração densa, com palavras únicas usadas para compor todo um cenário, nos faz começar a leitura com um pouco de dificuldade para acompanhar seu ritmo. Porém, logo nos vemos presos em suas páginas de forma que é difícil nos afastarmos da leitura.
O que se estende a nossa frente não são páginas impressas, mas sim a medieval Rúbia e a sua estanha princesa menina-gato, ela como o centro de uma maldição que aflige todo o reino. Com a chegada de Abner, neto do feiticeiro Aluanã, ao mesmo tempo em que uma série de fatos importantes acontecem no castelo, dá-se início à jornada em busca do artefato capaz de reverter todas as maldições. Porém, nesse caminho haverá tanto aventuras perigosas, onde amigos preciosos são perdidos, quanto revelações sobre o passado que dão um rumo inesperado para a história.
Sempre gostei de histórias de fantasia em épocas medievais. Mas, quando essas duas se aliam de uma forma tão perfeita, é difícil não ficar completamente encantada. Gislene não somente narra com sua alma de artista, como cria um mundo tão cheio de peculiaridades e colorido das cortes de séculos atrás, que ficamos nos perguntando ‘Onde estava essa história que eu não conhecia ainda?’. E a magia é aquela mesma que sempre esteve em todos os contos de fantasia repletos de bruxas e feiticeiros, com o detalhe de ela ser apenas um instrumento para a magia que residem na própria humanidade: mais mágico do que poderes sobre os elementos da natureza é o poder da coragem em enfrentar nossos maiores medos por aquilo que acreditamos ser o certo.
A capa também tem sua própria magia, ilustrando o fator decisivo que faz a trama da história se movimentar. Apesar de parecer simples – principalmente se colocarmos em comparação com os padrões chamativos de capas de livros de fantasia que estão surgindo – aquela imagem expressa exatamente o sentimento da princesa em toda a história. O alaranjado nas representações de tijolos também nos faz perceber a princesa como prisioneira, do seu castelo e da sua própria vida.
A Princesa com Olhos de Gatos é uma obra brasileira que não perde em nada para grandes livros que há anos estão em bibliotecas ao redor do mundo. Se deixe levar por essa história encantadora e veja tudo através dos olhos felinos da estranha princesa do Reino de Rúbia.

Resenha de: LHAISA ANDRIA

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Resenha ADQS

Oi, pessoas!

Estou divulgando hoje outra resenha de ADQS (que eu já tinha falado aqui). Essa foi feita por Ahtange Ferreira . Eu já li o livro (e coincidentemente essa mesma noite eu sonhei com os personagens! Pasme!) e posso dizer que é um ótimo livro. ^_^



Resenha ADQS - Desvendando a Organização Secreta

Sinopse: Cíntia encontra-se envolvida com um criminoso de Florianópolis, até presenciá-lo cometendo um assassinato e perceber, então, o perigo que está correndo. Mas em sua fuga desastrosa é presa em flagrante por tentativa de homicídio. Suas alternativas são: denunciar o ‘namorado’, praticamente, assinando sua sentença de morte ou ser presa e permanecer um longo tempo na prisão. Na delegacia acaba conhecendo Henrique, um homem charmoso e misterioso que faz uma proposta — a garantia de que não irá para a cadeira. O que ela não imaginava é que seria recrutada para fazer parte de uma organização secreta, assumindo a identidade de Thaís Torres e se mudando para São Paulo. Agora a mais nova agente da ADQS terá que investigar crimes que a polícia comum não conseguiu resolver, arriscando sua vida nas operações pouco convencionais da organização. Aos poucos, Thaís desvenda dos mistérios da organização secreta, vivendo fortes emoções em suas missões e se arriscando em um romance proibido. Mistério, aventura, humor e romance fazem parte desta trama.


O projeto gráfico de ADQS é de tirar o fôlego, a capa é simplesmente perfeita.
Logo nas primeiras páginas já prendi a respiração.
Esse trecho me prendeu totalmente a trama e não me permitiu mais desgrudar os olhos.

...  Num canto da sala, Carlos cambaleava, indo ao chão todo ensanguentado com um tiro no peito. Walter segurava uma pistola com silenciador. Não parecia muito abalado. Apenas olhou para Cíntia e falou friamente:
- Bom dia, amor: Feche a porta e venha me ajudar!
Cíntia permanecia petrificada, enquanto via Walter enrolar seu melhor amigo morto no tapete da sala. Impaciente, ele  foi até ela e chutou os pacotes para dentro do apartamento. Segurando-a pelo braço, falou em tom áspero:
- Vai me ajudar a carregar ou vai ficar aí parada o resto do dia?  (pág; 8)

A cada página adrenalina pura. 

  -Um desperdício matar uma guria tão bonitinha, mas são ordens do chefe.

ADQS é uma aventura imperdível, leitura fluente, agradável, a simplicidade com que a autora nos envolve é incrível. Ela mescla muito bem aventura, romance e suspense; ação, conspiração e investigação.
A forma que Cíntia entra para a organização foi muito legal, eu prendia a respiração.
O Henrique  me surpreendeu a estória dele é um capítulo a parte, demais.

  -Não sou policial, sou um negociador, quero fazer um acordo com você.

Deu para sentir né? O encontro dele com Cíntia foi assim, meio tenso no início, mas logo ele ganhou a confiança da assustada moça.
A trama é muito bem construída ela vai nos envolvendo e aguçando a curiosidade a cada novo membro da organização, cada um com sua estória e suas habilidades, em alguns momentos fiquei aflita, em outros dei boas risadas.
Falar de ADQS é falar de um misto de emoções, sim, um misto de emoções. Não pense que ao se envolver nesta organização você sairá sem sequelas.
O mais legal de tudo é que não é só um livro, a autora foi muito feliz ao dividir  em casos é como ler vários livros em um, várias estórias que te possibilita conhecer mais e melhor cada membro.  Cada caso é uma aventura em potencial que nos aproxima mais dos membros envolvidos, num trabalho perfeito de equipe numa sintonia incrível, onde cada um tem um papel fundamental e o sucesso da missão depende de todos e de cada um em especial. ADQS é uma aventura recheada de tudo. Confesso o final não foi o que eu esperava,  ficou o desejo de quero mais, mas o melhor é que tenho certeza que ainda existem segredos para serem desvendados nesta organização secreta.

... A ADQS continua infiltrada na sociedade brasileira resolvendo os mais diferentes casos sem que ninguém desconfie de sua existência.

Descubra você também os segredos desta organização.

Parabéns a autora pelo excelente trabalho.

Resenha feita por Ahtange Ferreira
 

Francilangela Clarindo

Oi, Pessoal!

Estou trazendo mais uma recomendação de livros. Dessa vez da Francilângela Clarindo. Sei que esses dois livros da autora me chamaram bastante a atenção (fico morrendo de vontade ler!).


segunda-feira, 3 de setembro de 2012

ADQS - Fabiana Cardoso

Oi, pessoal!

Terminei de ler o ADQS da Fabiana Cardoso e quero partilhar a minha opinião com vocês!



ADQS – Fabiana Cardoso

Sinopse: Cíntia encontra-se envolvida com um criminoso de Florianópolis, até presenciá-lo cometendo um assassinato e perceber, então, o perigo que está correndo. Mas em sua fuga desastrosa é presa em flagrante por tentativa de homicídio. Suas alternativas são: denunciar o ‘namorado’, praticamente, assinando sua sentença de morte ou ser presa e permanecer um longo tempo na prisão. Na delegacia acaba conhecendo Henrique, um homem charmoso e misterioso que faz uma proposta — a garantia de que não irá para a cadeira. O que ela não imaginava é que seria recrutada para fazer parte de uma organização secreta, assumindo a identidade de Thaís Torres e se mudando para São Paulo. Agora a mais nova agente da ADQS terá que investigar crimes que a polícia comum não conseguiu resolver, arriscando sua vida nas operações pouco convencionais da organização. Aos poucos, Thaís desvenda dos mistérios da organização secreta, vivendo fortes emoções em suas missões e se arriscando em um romance proibido. Mistério, aventura, humor e romance fazem parte desta trama.

Tive uma surpresa bastante positiva ao ler ADQS. Ele tem uma qualidade que eu prezo muito neste tipo de livro que é uma narrativa ágil e uma trama que é basicamente orientada para os personagens.
Estruturalmente, por ser a história de uma equipe de investigadores, a divisão dos capítulos também é a divisão entre os casos que estão trabalhando. O que amarra os capítulos juntos é essa fabulosa equipe que a Fabiana Cardoso criou. Adoro personagens como esses, cada um com a sua própria motivação pessoal e seus próprios motivos para se envolverem nesse mundo perigoso e, por que não, clandestino da ADQS.
Gostei bastante da maneira como a autora trabalhou com a língua portuguesa e os regionalismos, dando para a voz dos personagens das mais variadas regiões, características da fala regional.
A personagem da Thaís se tornou uma queridinha minha logo no começo. É uma moça emocionalmente independente que se envolve com as piores companhias, mas a quem é dada a oportunidade de dar um novo rumo para sua vida. Eu gosto muito deste tema, na realidade. Gosto do herói que precisa se provar, provar que mudou e que encontrou novos rumos. Essa descrição poderia ser tanto de Thaís, quanto de Caio, que são o par protagonista de ADQS.
Não fiquei satisfeita ao final de ADQS. Eu queria mais! Queria descobrir como se unem as pontas que ficaram soltas! Queria muito descobrir o destino de personagens tão marcantes e memoráveis! Vou ficar ansiosamente esperando pela sequência!


domingo, 2 de setembro de 2012

O Príncipe da Paz - Yury Lima




Título: O Príncipe da Paz
Autor: Yury Lima
ISBN: (em andamento)
Capa: André Siqueira
Linha Literária: Histórico
SINOPSE:
Após o fim da guerra, o Reino de Salém encontrou a paz e foi nesse período que o príncipe Emanuel se apaixonou por uma camponesa chamada Ester. Porém, não contava com a terrível vingança do Imperador Dragom que captura a mulher amada. Isto leva Emanuel viver assustadoras aventuras em florestas com animais falantes, lutar contra criaturas engenhosas, seres demoníacos e uma série de desafios que o levará até as últimas consequências para destruir a maldade do imperador das trevas e trazer a paz aos filhos de Salém. Uma saga do bem contra o mal. Tudo poderá acontecer quando o amor e o senso de justiça, guia a espada de um homem. Será que Emanuel conseguirá sobreviver para desfrutar da paz tão esperada?
DADOS SOBRE A OBRA:
“O Príncipe da Paz” é antes de qualquer coisa uma história de amor, coragem e superação. Quando o Reino de Salém sofre um ataque interno, a guerra civil provocada deixa marcas num influente ministro do Rei. Ele é expulso e passa toda sua vida arquitetando uma vingança contra Aquele que o expulsou do Reino da Paz. Aproveitando a volta do herdeiro do Trono, Dragom, o ministro exilado, decide pôr seus planos em ação e sequestra Ester, a noiva do Príncipe Emanuel que parte rumo à Terra da Desolação, lugar onde Ele não pode entrar por ser amaldiçoado, para resgatar a sua noiva e salvar Salém da fúria de Dragom.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Exaustão

Gente,

Não estou respondendo mensagens porque minha mente está simplesmente exausta. Estou sob um estresse danado (não vou incomodar vocês com os detalhes), mas não estou conseguindo escrever nem e-mail.

Quem me mandou e-mail ou mesmo mensagem no face e está esperando uma resposta, por favor, tenham paciência.

Bjs

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Resenha: Os Filhos do Tempo

Oi, gente!

Confiram essa resenha muito legal que o JC Hesse fez para o livro do Chaiene Barbosa!




Resenha - Os Filhos do Tempo

SINOPSE:
Esta é a história de um estudante chamado Nicolas, que adorava olhar as estrelas e pensar na grandiosidade do universo. Ele é perseguido por seres de outro mundo que querem levá-lo do planeta Terra. O rapaz conhece uma linda mulher que veio de um lugar muito distante para revelar segredos que mudariam sua maneira de ver o mundo. Uma descoberta fantástica o remeterá a conhecer quem serão os “Filhos do Tempo”. Uma trama intrigante que nos fará ver o mundo por outro prisma. Segredos, paixão intensa, aventura e grandes revelações mudarão para sempre à vida, não apenas de Nicolas, mas de todos que viajarem com ele nesta odisseia. Quem ousará a tanto?
  
Resenha:No início cheguei a tomar um susto, fui surpreendido por um relacionamento fulminante, com apelo amoroso. O casal não se conhecia e ficaram reclusos, pela chuva em um lugar e logo estavam juntos. Claro que, mais adiante, na leitura, tudo acaba se justificando, como parte de um segundo plano da história. (PG 32: A ideia de Zara era miscigenar o sangue de Nicolas com o seu, através da concepção de uma criança, que carregasse a força e o segredo das defesas de Nicolas em seu próprio sangue.)

Entre as linhas que o autor defende, claramente a família é um ponto forte, pois faz apelos à organização familiar. (PG 26: Mesmo no futuro, em nosso planeta, com todos os recursos tecnológicos e científicos, as virtudes, o carinho e as qualidades morais e espirituais aprendidas com os pais são muito valorizados.) É algo bom de se ver, pois sabemos que os jovens lerão o livro e saberão da importância da manutenção da família.

A obra é, também, um alerta a tudo o que acontece com o planeta. (PG 55: O prejuízo para a natureza causado pelo aquecimento global foi maior que as tentativas de neutralizá-lo. Embora o homem acordasse para o fato). Achei legal, pois é preciso que esta mensagem seja propagada pelo mundo, sob todas as formas.

Um dos pontos fortes, o surgimento de uma habilidade especial. Desta forma, o autor deu uma sacudida na história, e o melhor, saiu dos convencionais clichês. Foi um salto de qualidade, necessário ao sucesso de uma trama de ficção. (Nicolas olhou para o rapaz a sua frente, com um sentimento de raiva e logo sua arma passou a levitar e os outros dois homens começaram a se levantar do chão. Nicolas olhou para o terceiro elemento e ele também começou a subir, foram se elevando, assustados e gritando.). Surgiu no momento certo.

Preciso dizer, em alguns momentos tive a sensação de estar lendo um livro de psicologia, dada a profundidade e detalhes de alguns assuntos. (PG 59: Os livros da sua época chamam este distúrbio de agarofobia, ou medo de lugares abertos. Geralmente, ele acompanha as pessoas com crises de ansiedade.) Achei interessante, não pela história, mas como conhecimento adicional.

Agradeço ao autor, que me poupou. Afinal, ao ler, costumo criar as cenas mentalmente e ficou fácil deduzir que Nicolas possuía uma ligação diferente com o mundo "Vida". (PG 92: Depois, subiram para o quarto, quando Lorena começou a beijá-lo e se amaram, fazendo Merko se esquecer do amigo e de tudo mais a sua volta.). Mas é claro que somente lendo para conhecer o contexto e o clima que envolveu a cena.

Opinião do resenhista: A partir de um determinado momento da história, tudo fica mais dinâmico e a obra prende, ainda mais, a atenção. É difícil deixar de ler, sempre queria saber o que iria acontecer. Dizem que enquanto uma pessoa fala, um ouvinte pensa cinco vezes mais rápido. Nem imaginam nesta leitura! É possível pensar em diversas formas de terminar, mas o autor foi muito feliz, em conseguir juntar todos os pontos.
De um modo geral a história tem uma trama, que o autor procura manter escondida, de forma a manter a curiosidade sobre a história. Mas quando revela os interesses envolvidos, ai é que curiosidade aflora, querendo saber como tudo poderia acabar. Penso que há a possibilidade de continuação, pois agora, o autor tem uma eternidade para explorar, entre a Terra de hoje e a Vida do futuro. Se querem saber porque tenho esta opinião, terão que ler o livro.

Quanto a capa:
A história torna-nos introspectivos e leva-nos a refletir sobre determinados assuntos. A capa retrata um determinado momento do livro e não há porque ser diferente. É uma ficção, mas poderia ser entendida como um romance, pois ele existe e permeia toda a história. Ao se ler o livro, entende-se melhor a capa, o que é um outro ponto positivo.

Resenha J.C.Hesse

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Promoção da pré-venda


Para celebrar a pré-venda do meu livro "Antes de você chegar", montei um kit que cada uma das pessoas que adquirirem o livro vão ganhar de presente. Não perca tempo e garanta o seu: http://modoeditora.com.br/loja/antes-de-voce-chegar/

Bienal do Livro de São Paulo

Olá, pessoas!

Esse foi o primeiro ano em que fui em uma Bienal do Livro (é, morar longe das grandes capitais causa isso. Minha capital é pequenininha ^_~). Achei impressionante o tamanho, ruim a sinalização e chocante a quantidade de pessoas.


A foto do meu lançamento, quem é nerd e reparar, eu estou com a camiseta "Don't panic" da Nerdstore.  Fato curioso, no domingo eu fui com a minha camiseta do Protocolo Bluehand Zumbis e, como eu estava de credencial, um rapaz todo empolgado chega e me pergunta: "Onde fica o estande da Nerdbooks?"

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Resenha: A Rainha da Floresta


A Fabiana Cardoso, autora do ADQS (que vai ser lançado na Bienal neste domingo, dia 19/08) resenhou "A Rainha da Floresta" da Anna Leão. Esse é um livro que sempre me chamou atenção pela capa e título sugestivos. 

Bjs

A Rainha da Floresta - Resenha


Sinopse
A Rainha da Floresta conta a história da princesa Anaís, herdeira do Reino das Joias, que se descobre uma bruxa. Obrigada a fugir do reino no dia do seu noivado, ela se refugia na Floresta das Sombras, vítima de uma antiga maldição. Numa grande aventura a princesa vivencia seu processo de iniciação, se autodescobrindo e conhecendo a magia. A história, recheada de personagens interessantes, como o misterioso Grande Mago, desmistifica o estereótipo negativo da bruxa e enaltece a natureza, o feminino, a verdade e o amor. 

A capa do livro A Rainha da Floresta é suave e condizente com a leitura do livro. Anaís, princesa do Reino das Joias, de vestido azul está pronta para entrar na Floresta das Sombras. Na imagem da Lua, a silhueta de uma bruxa em sua vassoura, revela a natureza da jovem. A imagem é bonita e bem apropriada.

Anaís é a princesa herdeira do Reino das Joias, um lugar muito bonito, onde o povo convive em harmonia com suas belezas naturais. O chão é repleto de jóias, mas nenhum habitante explora esse recurso e nem o Rei permite que se faça isso.
No dia em que a princesa vai ficar noiva de Victor, seu amigo de infância, ela ganha um estranho presente. O anel  mágico denuncia que Anaís é uma bruxa. Surpresa com a revelação, ela tem que fugir dos súditos que repudiam as bruxas, em sua fuga ela conta com a ajuda daquele que seria seu noivo.

Todos correram para cima de Anaís. Ela olhou assustada
para o seu príncipe. Neste momento foi como se o tempo tivesse
parado. Os olhos de um nos olhos do outro. O verde e o castanho
por um instante se misturaram. Victor viu nos olhos castanhos de
sua noiva, o medo e o espanto; a princesa sentiu a compaixão no
olhar do príncipe.” (Trecho página 10)



Em sua fuga, ela chega a Floresta das Sombras, local temido por todos que moram no Reino. Por ser uma floresta sombria, sem vida e repleta de bruxas.
“O caminho era íngreme e a princesa foi se embrenhando
cada vez mais para dentro da floresta.
Ela procurava achar algum lugar ou alguém que lhe inspirasse confiança
para poder parar um pouco e descansar.
Em um dado momento, Anaís percebeu
que não estava mais com tanto medo, ela se sentia segura.” (Trecho página 15)



A princesa que vivia muito solitária e que sempre se sentiu deslocada no Reino da Joias, conhece melhor a Floresta e seus moradores. Ela tem uma estranha sensação de liberdade e de que finalmente encontrou seu verdadeiro lugar.

Sua mente voou longe,
voltou ao passado e ela tentava achar em suas lembranças
algum momento em que tivera proporcionado alegria semelhante a alguém.
Não encontrava. Ela percebeu que vivera uma vida
vazia no Reino das Jóias.” (Trecho página 29)

Anaís terá que lidar com essas mudanças em sua vida. Ela inicia um aprendizado no mundo da magia, conhece um grande feiticeiro misterioso, tem inesperadas revelações sobre o seu passado e origem. E ainda terá que reverter o feitiço que foi lançado na Floresta pela bruxa má, Friúza.

Minhas Impressões
O livro tem uma linguagem fácil e uma narrativa ágil, a leitura flui rapidamente. Apenas, em algumas partes, achei que foi rápida demais. Alguns fatos relacionados com a maldição que recaiu sobre a floresta, poderiam ter sido explicados com mais calma. Como não li o outro livro, pois se trata de uma saga, talvez esse ponto seja melhor explorado no segundo volume.
Adorei as bruxas que a autora descreveu. Tirando o velho estigma dos contos de fadas, onde a bruxa é feia, com verruga no nariz e instintivamente maldosa. As bruxas de A Rainha da Floresta são bem originais: bonitas, convivem em harmonia com a natureza, seguem sua intuição e a maioria tem uma índole boa e generosa.
Embora, Anaís, não se sentisse bem no Reino das Joias, gostei muito da descrição do lugar. Onde o respeito à natureza predomina sobre a ganância daqueles que querem se aproveitar de suas riquezas.
Realmente, uma leitura leve e agradável, onde a personagem busca o autoconhecimento, a evolução e o bem de seus semelhantes. O livro foi definido como literatura infanto-juvenil, mas recomendo a todas as idades, pelo encantamento e mensagens positivas.
Resenha feita por Fabiana Cardoso

Comentário da autora sobre a resenha:
Gostei muito da resenha. Os pontos abordados são bem relevantes e achei muito interessante a forma como o resenhista contou a história ao mesclar a descrição com trechos do livro. Aliás, os trechos escolhidos me surpreenderam positivamente, pois são momentos de maior sutileza da narrativa. Fico muito feliz que as mensagens positivas tenham sido percebidas e ressaltadas. Obrigada pelo cuidado e pelo apreço por minha obra. 
Anna Leão

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Parcerias

Gente,

Não por nada, não, e não é pessoal. Eu simplesmente não estou em condições de analisar parcerias no momento. Por favor esperem a Bienal passar, porque eu estou ficando maluca de coisas para fazer. Está corrido demais.

Bjs.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Promoção!!!

O Blog Way to Happiness está fazendo uma promoção onde estará sorteando vários livros entre os seguidores. Quem quiser participar, é só clicar no link e ver os termos de participação. :)
http://www.way-2happiness.blogspot.com.br/2012/07/promocao-ferias-com-modo-editora.html
Participem, que vocês podem ganhar o meu livro. Já vou adiantando que a cópia vai autografada. =^x^=



segunda-feira, 16 de julho de 2012

Disponível para leitura!

Pessoas!

O primeiro capítulo do meu livro está disponível para leitura no site da editora. Quem dizer dar uma passadinha e deixar o seu comentário, é muito bem vindo!

Bjs
http://modoeditora.blogspot.com.br/2012/07/capitulo-1-antes-de-voce-chegar-renata.html

domingo, 15 de julho de 2012

Marcas indeléveis

Oi, gente!

A indicação da semana é Marcas Indeléveis. Tenho a impressão de que esse é um livro bastante sensível, daqueles que prendem a gente na história.


terça-feira, 10 de julho de 2012

Livros de escrita criativa/crítica literária/whatever do gênero

Oi, pessoal!

Percebi que faz muito tempo que eu não faço uma lista. Resolvi fazer uma útil (aproveitando o fato de que eu estou em greve e não existe nada melhor para matar o tempo do que escrever uma lista).
Minha lista hoje é de livros de escrita criativa, ou crítica literária, ou coisas do gênero.

1. Oficina do escritor, Stephen Koch (um dos melhores para quem quer destravar a escrita)
2. Escrevendo com a alma, Natalie Goldman (o melhor para exercícios).
3. Para ler como um escritor, Francine Prose
4. Como funciona a ficção, James Wood (grande crítico, não o ator. O ator é Woods).
5. Preparação para o Romance, vol. 2. Roland Barthés (eu li o volume 1 e o 2. Não precisa. O volume 2 é o volume 1 mais coisas).
6. Jornada do escritor. Christofer Vogler (bom para resolver problemas de trama)
7. As raízes históricas dos contos maravilhosos, Vladimir Propp.

Esses são os que eu me lembro agora. Tem mais alguns que eu poderia colocar, mas quis colocar só aqueles que eu li. :)

Bjs

domingo, 8 de julho de 2012

Lançamento MODO Editora.

Oi, gente!

Conheci o Valdir na Confraria Fantástica, uma pessoa muito simpática, e acredito que o livro dele deve ser muito bom. Confiram!


domingo, 1 de julho de 2012

A garotada reclama...

Será que alguém vai escutar a garotada reclamando??
170.000 pessoas me parece gente pra caramba, não?


Futuro grande sucesso da literatura nacional






Título: Depois do primeiro beijo
Autora: Ana Carla Santos
ISBN: 978-85-65588-17-1
Revisão: Ka Alencar
Capa: Marina Avila
Linha Literária: Y.A.

SINOPSE :
Por ser imatura, Juliana não consegue se relacionar com os garotos. Virou piada entre as amigas que passam os dias arquitetando planos para arrumar um pretendente para garota. Então, ela conhece o senhor Hélio, um velhinho bonachão, que no intuito de tranquilizá-la, conta algumas histórias que falam de amor, encontros e almas gêmeas. As belas histórias despertam em Juliana o desejo de mudar. Apesar do medo e da insegurança ela toma a decisão de dar o seu primeiro beijo. Com a ajuda de Bia e Duda, suas melhores amigas, ela parte em uma divertidíssima caçada ao garoto ideal com direito a uma lista de possíveis pretendentes, belos lugares, eventos e atrapalhados encontros. Uma trama que envolve as delícias e desventuras de um amor puro, forte e eterno.

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Na correria...

Gente!

Estou cansada demais! Desde que eu voltei da Confraria Fantástica (evento maravilhoso), eu não consegui parar. É por isso que eu estou assim tão distante do blog, das redes sociais, do MSN. Eu estou simplesmente esgotada.
Tenham paciência comigo, então... quem nunca ficou estafado, pode atirar a primeira pedra.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Simone O. Marques

Estive esse final de semana em São Paulo, na Confraria Fantástica. Conheci a querida Simone e comprei os livros dela (autografados, claro ^_~). Ainda não consegui pegar para ler, só dei uma folheadinha. Resultado: estou doida para ler! Droga de falta de tempo!


Quem quiser seguir o conselho e comprar esses livros maravilhosos, eles estão à venda na loja da Modo Editora.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

ADQS

Esse aqui é um que eu estou doida de vontade de ler!







Título: ADQS
Autora: Fabiana Cardoso
ISBN: (em andamento)
Capa: Marina Avila
Linha Literária: Ficção

SINOPSE:
Cíntia encontra-se envolvida com um criminoso de Florianópolis, até presenciá-lo cometendo um assassinato e perceber, então, o perigo que está correndo. Mas em sua fuga desastrosa é presa em flagrante por tentativa de homicídio. Suas alternativas são: denunciar o ‘namorado’, praticamente, assinando sua sentença de morte ou ser presa e permanecer um longo tempo na prisão. Na delegacia acaba conhecendo Henrique, um homem charmoso e misterioso que faz uma proposta – a garantia de que não irá para a cadeia. O que ela não imaginava é que seria recrutada para fazer parte de uma organização secreta, assumindo a identidade de Thaís Torres e se mudando para São Paulo. Agora a mais nova agente da ADQS terá que investigar crimes que a polícia comum não conseguiu resolver, arriscando sua vida nas operações pouco convencionais da organização. Aos poucos, Thaís desvenda os mistérios da organização secreta, vivendo fortes emoções em suas missões e se arriscando em um romance proibido. Mistério, aventura, humor e romance fazem parte desta trama.

terça-feira, 29 de maio de 2012

O Aniversário

Oi, Gente!

Mais um livros que eu estou super a fim de ler!





Título: O Aniversário
Autor: Alex França Aleluia
ISBN: (em andamento)
Capa: Denis Lenzi
Linha Literária: Romance sobrenatural
SINOPSE:
De repente, uma previsão – algo terrível poderia acontecer no dia da festa de aniversário dos 15 anos de Talita, como ela poderia evitar esta tragédia? Sente-se aliviada em saber que tudo não passou de um grande sonho. Mas, ao acordar identifica que este terrível pesadelo passa a se tornar realidade. Ela corre contra o tempo para anular sua festa, porém o seu destino encontra-se nas mãos da própria sorte. Um livro repleto de suspense e mistérios que irão tirar o fôlego do começo ao fim. Você está convidado para esta festa!

domingo, 13 de maio de 2012

Os Filhos do Tempo

Oi, Gente!

O livro da semana é Os Filhos do Tempo, de Chaiene Barboza, que já está à venda! Para comprar, clique aqui!










SINOPSE:

Esta é a história de um estudante chamado Nicolas, que adorava olhar as estrelas e pensar na grandiosidade do universo. Ele é perseguido por seres de outro mundo que querem levá-lo do planeta Terra. O rapaz conhece uma linda mulher que veio de um lugar muito distante para revelar segredos que mudariam sua maneira de ver o mundo. Uma descoberta fantástica o remeterá a conhecer quem serão os “Filhos do Tempo”. Uma trama intrigante que nos fará ver o mundo por outro prisma. Segredos, paixão intensa, aventura e grandes revelações mudarão para sempre à vida, não apenas de Nicolas, mas de todos que viajarem com ele nesta odisseia. Quem ousará a tanto?

Detalhes

Título: Os Filhos do Tempo
Autora: Chaiene Barboza
ISBN: 978.85.65588.02-7
Capa: Denis Lenzi
Projeto Gráfico: Marina Avila
Revisão: Top Texto
Linha Literária: Ficção científica
Formato: 14 x 21 – 136 páginas

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Livro da Semana - A Profecia de Hedhen 1: Os Tronos da Luz


Título: Os Tronos da Luz
Subtítulo- A Profecia de Hedhen 1
Autora: Cristina Aguiar
Capa: Denis Lenzi
Linha Literária: Romance sobrenatural
Sinopse:
Os Tronos eram forças que reinavam nos dias antigos com o título de “Luminares”, e através deles, a luz era derramada por todos os povos, espalhando sua sabedoria, justiça e paz. Mas as trevas, infelizmente, começaram a entrar naquele mundo e corromper os corações. Os Tronos foram enfraquecendo, e para manter a esperança eles criaram a Profecia, antes que sua luz fosse apagada de vez. A Profecia falava do retorno dos Tronos em dias futuros, onde este já seria dominado pelas trevas. Os três sinais dos “Luminares” estariam marcados nos corpos daqueles destinados a receber essa luz ancestral e poderosa. Dos três, um deveria assegurar o cumprimento dessa Profecia, sem se importar com as conseqüências; o outro deveria sacrificar a própria vida em troca da vitória; apenas um permaneceria oculto para sua própria segurança, pois em suas mãos repousaria o Cetro de Luz, símbolo dos antigos Tronos.
Será que essas três pessoas, portadoras dos poderosos sinais, teriam forças para lutar contra o mal e trazer de volta a sabedoria, justiça e paz dos dias antigos?
DADOS SOBRE A OBRA:
O livro é ambientado em um fictício mundo matriarcal, onde homens e mulheres vivem de forma igualitária, exercendo as mesmas funções. A discussão religiosa que engloba a rivalidade entre a deusa que exige sacrifícios e o Pai-Criador, é um ponto importante que ajuda a ilustrar o enredo. Sem a intenção de criar um debate teológico, esse fato vem apenas complementar o cenário épico próprio de um mundo fantástico onde se desenvolve uma luta eterna do Bem contra o Mal.
É, por fim, uma história épica, onde a presença da “mulher guerreira” é constante.



sexta-feira, 4 de maio de 2012

Ideias pré-concebidas

Preconceito é uma coisa foda. O que eu estou falando na verdade, é daquilo em que você separa o prefixo da palavra pré-conceito, isto é, uma ideia pré-concebida.
Por que pré-conceito é uma coisa foda? Porque todo mundo faz. Toda vez que dizemos que alguém subiu, ou que caiu no nosso conceito. Quer dizer que nós tínhamos um pré-julgamento daquelas pessoas. Isso é ruim porque nos impede de ver as pessoas como elas realmente são.
Nenhuma relação parte do zero. Somos influenciados pelas nossas noções pregressas, de relações antigas com pessoas a quem atribuimos as mesmas qualidades da pessoa nova. Nós rotulamos as pessoas, não por nossa relação com elas, mas pela relação com um ideal que não pertencia a elas.
Isso é para pensar.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

domingo, 15 de abril de 2012

O livro da semana!

Mais um lançamento da MODO Editora. Confiram da data no site da MODO



Título: Angellore
Subtítulo- A Divina Conspiração
Autora: Gabrielle V. Ruas
ISBN: (em andamento)
Capa: André Siqueira
Revisora: Kamile Girão
Linha Literária: Romance sobrenatural

SINOPSE:
Olívia Giacomelli é uma investigadora de polícia especializada em complexos casos de assassinato. Competente, ela sempre conseguira resolver com êxito cada um deles, nunca encerrando um crime sem solucioná-lo. No entanto, uma sequência de mortes misteriosas vinha ocorrendo desde 2007 sem que o assassino deixasse rastro. Sophie, uma jovem universitária perseguida por sombras sinistras, tenta superar a ausência da família que morrera num terrível acidente de carro no reveillon de 2008. Em busca por respostas, os caminhos de Sophie e Olívia se cruzam e ambas irão se deparar com uma realidade aterradora. Elas se veem em meio a uma batalha invisível que desde sempre era travada por seres imortais: os Angellores. Agora, elas estão num terreno obscuro e assustador, precisarão se arriscar para descobrir a verdade que mudará suas vidas para sempre.
DADOS DA OBRA:
Tratá-se de um gênero atrativo e de ótima recepção entre os leitores. No entanto, alcança um diferencial  em relação a outras obras, não traz apenas o típico romance adolescente, mas tramas repletas de suspense, mistério e profundidade emocional por parte dos personagens. Não se volta estritamente para o público feminino, mas seu enredo foi construído de uma maneira que pudesse atrair também o público masculino, acrescendo à narração, doses de ação e lutas empolgantes. Angellore também conta com três focos narrativos em primeira pessoa, ao contrário dos outros livros do gênero, que costumam trabalhar somente com um foco. Sophie, uma universitária; Olívia, uma investigadora de polícia; e um narrador cuja identidade mantenho oculta durante toda a narrativa, no intuito de prolongar o clima de suspense. Essa possibilidade de outros ângulos na narrativa, além de convidar mais leitores, explora o enredo com muito mais eficácia. As criaturas-tema aqui são os ceifadores da morte (ou angellores, como são nomeados na história). Além de serem entidades pouco exploradas pela cultura em geral, são carregadas de um misticismo natural. Angellore possui grandes possibilidades de conquistar leitores de todas as idades e gostos.